Alunos do Middle School mostram aos pais o que aprenderam em aula

Pais dos alunos do Middle School Global Leaders (MSGL) estiveram na última sexta-feira, 19 de maio, no Colégio Portal de Limeira para assistirem a uma apresentação preparada pelos filhos. A atividade marca o fechamento do primeiro projeto da turma. A proposta foi compartilhar o conteúdo aprendido durante as aulas, que ocorrem duas vezes na semana no período oposto ao currículo brasileiro. O programa é inédito na cidade e teve início em fevereiro após parceria do Anglo de Limeira com a University of Missouri (Columbia, MO) e a HSE (Vitória, ES).

Com a supervisão da coordenadora Maura Mofatto Siqueira, os estudantes explicaram, em inglês, a relação e a importância da água tendo como referência as cinco áreas do curso: ciências, tecnologia, engenharia, artes e matemática.

Rodrigo Adriano Novaes, pai do aluno Felipe Novaes (7º ano), ficou surpreso com o resultado do filho. “Foi o primeiro contato com o aprendizado. Além da pronuncia do idioma, a postura na hora de expor as idéias foi sensancional”, disse.

Para Carlos Humberto Paschoal, pai do Leonardo Paschoal (8º ano), o que mais chamou a atenção foi pronúncia do filho durante a apresentação. “Meu filho melhorou a pronúncia na hora de expor suas idéias em inglês. Hoje, pude ver claramente os avanços que ele e os amigos tiveram ao longo dos três primeiros meses do Middle School. Estou satisfeito e recomendo a todos os interessados”, concluiu. 

Veja mais fotos no link ao lado  goo.gl/KhxZkz

VISITA

Na última quarta-feira, 17 de maio, a coordenadora dos programas internacionais do Colégio Portal de Limeira, Maura Mofatto Siqueira, recebeu a visita da assessoria pedagógica da HSE Educacional, Sindia Torres.

O objetivo do encontro foi alinhar o trabalho, trocar experiências e anunciar novidades. Além de elogiar os projetos desenvolvidos em Limeira, Torres demonstrou total satisfação pela parceria com o Colégio Portal de Limeira. “Fiquei impressionada com a estrutura e o envolvimento dos profissionais”, disse.

Sobre o Middle School, programa voltado aos alunos do 7º e 8º ano, a assessora destacou a atuação do estudante como agente de mudança. “a proposta é pensar globalmente e agir localmente. O grupo é desafiado a trabalhar projetos educacionais com temas definidos previamente de acordo com a ONU como água, voluntariado, guerra e preconceito”, destacou.

Texto e fotos: Vinícius Boer 


Voltar